Dando um “olé” no glúten!

A Espanha é um dos países para onde já viajei mais vezes e desses lugares em que me sinto quase em casa. Já fui muitas vezes a trabalho e também a lazer, com a família. É um de meus destinos favoritos, com atrações para todo gosto: dá pra se divertir, aproveitar e comer muito bem. 

Se você segue uma dieta sem glúten – por necessidade ou opção – e vai para Espanha, não vai passar aperto. O país, de uma maneira geral, já tem um longo histórico se adaptando a alimentação para celíacos.

A primeira ótima notícia é que os frutos do mar, todos deliciosos, não têm glúten. Já com a paella, é preciso ficar atento porque alguns ingredientes – o caldo e alguns temperos, principalmente – podem ter. Então, é preciso perguntar nos restaurantes ou já buscar um lugar que ofereça opções gluten free. Um restaurante muito bem avaliado por celíacos é El Arrozal (http://elarrozal.com), que se orgulha de ter todo o menu adaptado para quem tem essa restrição. 

Outra delícia sem glúten é o famosíssimo jamón, o presunto, que pode ser o ibérico ou o serrano. Só não dá para acompanhar com qualquer pão. O Museo del Jamón (http://museodeljamon.es), com quatro unidades em Madri, tem um cardápio especial para quem tem intolerância a glúten.

Desde 2005, a Paradores de Turismo de España – rede de capital público que administra hotéis e restaurantes em prédios considerados patrimônios históricos e culturais pelo país – tem parceria com a Federación de Asociaciones de Celiacos de España (FACE). Na rede da Paradores há hotéis e restaurantes instalados em castelos, palácios e mosteiros com séculos de existência. 

Essa parceria é considerada um marco fundamental para a que a Espanha passasse a ser considerada um dos melhores destinos turísticos para os celíacos. Atualmente, a FACE presta assessoria para a rede, que oferece menus especiais gluten free em todos os seus restaurantes e espaços especiais na área de café da manhã dos hotéis (os chamados “rincones sin gluten”). 

Outra ótima dica são os supermercados. A Mercadona, maior cadeia de supermercados do país, tem em todas as suas lojas uma gôndola dedicada a produtos gluten free. Há uma história – que acabou se tornando uma lenda urbana na Espanha – que o dono da rede teria uma filha que é celíaca e, por essa razão, teria se sensibilizado com a causa. O presidente e fundador da Mercadona, Juan Roig, já negou publicamente várias vezes que algum membro de sua família seja celíaco, mas a história pegou e há até um perfil no Facebook ironizando a história. 

Roig alega que a rede passou a oferecer cada vez mais opções gluten free por demanda dos clientes. A Mercadona também incentiva os fornecedores de produtos marca-própria a desenvolverem novos opções e tem uma lista gigante de itens sem glúten divulgada até no site da FACE (http://www.celiacos.org)  e lista de dicas no site na rede (https://www.mercadona.es/es/consejos/alimentacion/sin-gluten/tip-tag).

Célia

27/08/2019

*Estamos compartilhando nossas experiências mas não somos médicas ou nutricionistas. Consulte um especialista para uma orientação profissional.

Deixe uma resposta