O que são superalimentos?

São os alimentos que trazem inúmeros benefícios ao corpo. O “superfoods”, como são chamados originalmente, são fontes de nutrientes que ajudam a fortalecer o sistema imunológico e previnem algumas doenças crônicas. A ótima notícia é que a maioria dos superalimentos de verdade não contêm glúten e são ingredientes frescos que podem ser encontrados facilmente no mercado.

Os superalimentos são, geralmente, ricos em fibras, antioxidantes, vitaminas, minerais e ácidos graxos. Eles podem ser tanto frutas, sementes, vegetais, quanto plantas medicinais, que devem ser usadas para enriquecer de forma natural a dieta.

Se você procura alimentos que previnem o envelhecimento, sejam fonte de proteína, auxiliem o bem estar, mantenham seu bom humor, aumente sua imunidade, seja fonte de vitaminas ou reduza a ação de radicais livres, entre outros benefícios, busque conhecer os superalimentos e o que cada um contribui para sua saúde.

Segue uma lista de 10 Superalimentos para enriquecer o seu cardápio:

  • Abacate – Rico em vitaminas, gorduras monoinsaturadas e sais minerais, cálcio, ferro, fósforo, magnésio.
  • Sementes de Chia – Rica em fibras e proteínas de origem vegetal.
  • Batata-doce – Fonte de vitaminas, fibras e potássio. É rica em antioxidantes.
  • Nozes – Rica em fibras, proteínas, vitaminas e minerais.
  • Ovos – Melhor fonte de proteína natural. Rico em vitaminas e minerais como potássio, fósforo, ferro e selênio.
  • Gengibre – Auxilia no funcionamento do sistema digestivo, previne resfriados, tem efeito analgésico e antiinflamatório.
  • Alho – Fortalece a imunidade, auxilia no tratamento de resfriados.
  • Feijão – Rico em fibras, fonte de proteína.
  • Cacau – Rico em antioxidantes.
  • Brócolis – Fonte de cálcio, ferro e potássio e rico em proteínas.
  • Uva – Antioxidante, retarda o antienvelhecimento celular.

Atenção nas quantidades, cuidado com os excessos, procure ter sempre uma alimentação equilibrada e variada.

Dê preferência ao consumo de grãos integrais, legumes, hortaliças, frutas, peixes e alimentos com gorduras poli-insaturadas ou monoinsaturadas, como o azeite de oliva, em vez de comida processada, carne vermelha, bebidas açucaradas e produtos ricos em gorduras saturadas.

Consulte sempre um médico para orientá-lo no tratamento e prevenção de doenças e conte com o apoio de um nutricionista para uma dieta saudável e balanceada.

A lista de superalimentos é extensa, por isso em breve traremos mais opções.

Se você já consome algum alimento da lista regularmente ou têm alguma outra dica, conta pra gente. 😉

Célia

04/11/2020

*Estamos compartilhando nossas experiências mas não somos médicas ou nutricionistas. Consulte um especialista para uma orientação profissional.

Deixe uma resposta