Dadinho de tapioca com queijo coalho

Começamos o ano com a receita desse aperitivo que faz muito sucesso em restaurantes e bares. Nesse caso, é importante perguntar se eles têm uma fritadeira separada apenas para o dadinho ou para alimentos sem glúten. Isso por causa da contaminação cruzada. Mas se você fizer em casa é zero preocupação, todos os ingredientes são livres de glúten (sempre leia o rótulo dos produtos antes de comprar, às vezes têm marcas com contaminação)!

Ingredientes:

  • 1 litro de leite integral
  • 1 colher (chá) de sal
  • 1 pacote de tapioca granulada (500 g)
  • 1/2 kg de queijo coalho ralado grosso
  • Farinha de tapioca fina para empanar e azeite para untar
  • Óleo para fritar

Modo de preparo:

  1. Forre com papel filme uma assadeira pequena, de cerca de 20 x 25 cm.
  2. Numa tigela grande, rale o queijo-de-coalho. Junte a tapioca e misture. Tempere com sal e pimenta a gosto.
  3. Leve o leite para ferver e misture à tigela com a tapioca, mexendo bem, com cuidado para não formar grumos, até que todo leite tenha sido incorporado. Não deixe endurecer muito. Transfira a mistura para a assadeira preparada e espalhe com a colher. Para deixar a superfície lisa, cubra com papel filme e ajuste com as mãos. Deixe esfriar e leve à geladeira por pelo menos 3 horas.
  4. Forre o fundo de uma assadeira com papel-manteiga. Preaqueça o forno a 180 ºC (temperatura média).
  5. Transfira a massa para uma tábua, retirando o plástico. Com uma faca, corte em tiras de 2 cm, e as tiras, em cubos. Leve para assar por 40 minutos ou até dourar. Se preferir, frite em óleo quente. Nesse caso, fica pronto super rápido, então cuidado para não queimar!

O par perfeito para esse aperitivo é a geleia de pimenta, que você encontra pronta no mercado ou, se preferir, pode prepará-la também. Espero que gostem da receita e que tenham conquistado a barriga do pessoal em casa!
Se você fizer o dadinho, posta no instagram e marca a gente! (@viagemglutenfree) 😉

Receita da Ana Maria Braga

07/01/2021

*Estamos compartilhando nossas experiências mas não somos médicas ou nutricionistas. Consulte um especialista para uma orientação profissional.

Deixe uma resposta