Os selos mais reconhecidos para alimentos livres de glúten no mundo

A primeira coisa que uma pessoa que tem alguma restrição alimentar faz ao pegar um alimento industrializado é ler o rótulo. Estamos acostumados a fazer isso, é nossa rotina. Os produtos queridinhos dos celíacos são aqueles que têm os selos de certificação sem glúten, porque eles facilitam nossa vida e aliviam a nossa consciência, já que garantem que não tem nenhum traço de glúten em nenhum processo até o alimento ser embalado. 

No texto de hoje trouxemos os selos mais famosos e reconhecidos mundialmente para os alimentos livres de glúten:

  • Certified Gluten-Free

Pouco conhecido no Brasil, o selo GF é a principal certificação do mercado sem glúten do mundo. Ele é reconhecido em 27 países e indica aos consumidores os produtos que são produzidos com ingredientes livres de glúten e que seguem um controle rigoroso de qualidade e rastreabilidade da cadeia produtiva.

A Gluten Free Certification Organization ou Organização de Certificação Sem Glúten (GFCO) é um programa do Grupo de Intolerância ao Glúten da América do Norte (GIG). GIG é uma organização sem fins lucrativos que capacita a comunidade sem glúten por meio do apoio ao consumidor, defesa e educação.

A GFCO definiu um padrão alto para a certificação sem glúten, com base em seu alinhamento com a GIG. O foco da GFCO na segurança do consumidor a tornou a marca de certificação sem glúten mais amplamente usada e confiável.

  • Crossed Grain Trademark (CGT)

A Associação de Sociedades Europeias de Celíacos (AOECS) é uma organização sem fins lucrativos que reúne associações nacionais de celíacos da Europa. Ela detém e opera um dos programas de certificação de ausência de glúten mais reconhecidos, baseado em uma norma que garante a segurança durante a produção de produtos alimentícios sem glúten. O Sistema de Licenciamento Europeu (ELS) é uma abordagem acordada para o licenciamento do Crossed Grain Trademark (CGT) na Europa. 

O CGT é o símbolo internacional sem glúten e é regulado, atualmente, pela AOECS, o que permite que as suas associações membro emitam uma licença às empresas, para o uso do CGT nos seus produtos. Este símbolo é internacionalmente reconhecido por todas as pessoas com doença celíaca ou que devem seguir uma dieta isenta de glúten. Ele transmite confiança e é uma referência de fácil identificação quando se trata da aquisição do produto.

Lembramos de duas marcas que usam cada um desses símbolos. A Vitalin, que tem o selo GF e a Schar, que tem o selo CGT. Nós, celíacos, valorizamos muito as empresas que possuem essas certificações. 

Fontes:

https://gfco.org/

https://www.aoecs.org/

Célia

22/07/2021

*Estamos compartilhando nossas experiências mas não somos médicas ou nutricionistas. Consulte um especialista para uma orientação profissional.

Deixe uma resposta